CORONAVÍRUS (COVID-19)
Disk CIEVS

COOPERAÇÃOSemi/Sema e Corpo de Bombeiros centralizam atendimentos a denúncias de queimadas

15/Jul/2020 - 18:57


Nesta quarta-feira,15/07, os secretários municipais, de Integração, Álvaro Mendonça e de Meio Ambiente, Alexandro Miranda Pincer, se reuniram com o subcomandante geral do Corpo de Bombeiros, cel. BM Gilvander Gregório de Lima e com o Chefe da Seção de Operações, Cap.BM Clivton Rodrigo Carvalho Reis, para alinhar sobre os atendimentos às denúncias de queimadas em Porto Velho e buscar cooperação junto à sala de situação do Corpo de Bombeiros para fazer uma melhor gestão e triagem das denúncias que chegam.

Os secretários relataram sobre como está sendo realizado o trabalho do setor de Fiscalização, nesse momento de pandemia, e os canais existentes para a denúncia do cidadão.

Ficou acertado que o telefone de contato dos Bombeiros (193) será o principal número para atendimento das denúncias das queimadas. Os encaminhamentos das ocorrências serão feitos pela Sala de Situação do CBM/RO para a fiscalização da SEMA, garantindo que a devida apuração seja feita com a identificação e posterior responsabilização penal e pecuniária de eventual infrator identificado como autor do fogo criminoso.

A fiscalização da secretaria continuará suas atividades de monitoramento e encaminhará as eventuais ocorrências percebidas através de um canal específico definido para comunicação com o CBM. “Os números da Sema 0800 647 1320 e whatsapp 98423 4092 continuam à disposição da população. Mas com essa centralização podemos dar ainda mais agilidade no atendimento às denúncias”, disse Mendonça.


Para o subcomandante cel. Gregório, é preciso união de todos nesse momento e agilidade, pois a população está sofrendo com pandemia do novo coronavírus e se as queimadas não forem combatidas, ou mesmo controladas, a cortina de fumaça, que pode se estabelecer, vai gerar um caos na saúde pública, que já está no limite com um número cada vez maior de casos de Covid-19.

Alexandro Miranda, subsecretário da Sema, colocou todo o setor de fiscalização à disposição para que os trabalhos ocorram da melhor forma. “Esse trabalho de cooperação faz toda a diferença. E vamos intensificar ainda mais o trabalho de educação ambiental através de todos os meios possíveis. A população tem um papel fundamental para que não tenhamos cenário semelhante ao ano passado”, disse ele.

Também participou da reunião, o diretor de Fiscalização da Sema, Juliano Von Rondon e a diretora do departamento de gestão de Políticas Ambientais, tamabém da Sema, Lucinara Camargo.


Educação Ambiental

Devido à necessidade de distanciamento social, as atividades de educação ambiental estão sendo efetivadas de forma virtual com notícias nos portais oficiais, redes sociais e a partir da próxima semana com campanhas publicitárias em redes de emissoras de rádio e TV e também em sites. Em junho a Semi/Sema já havia feito uma pré-campanha virtual, reforçando sobre os perigos das queimadas e legislação vigente e ainda divulgando os canais de comunicação para denúncias. Até o momento foram cerca de 150 atendimentos.

logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho