SEMA iniciará Projeto de Coleta seletiva em parceria com 40 Condomínios

Publicação: 10/10/2018 17:24:57

A parceria será formalizada com empresa Valorize Administradora de Condomínios que é representante dos condomínios. A reunião foi realizada com o Dr. Gabriel de Moraes Correia Tomasete.

A Prefeitura de Porto Velho através da Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMA) iniciou conversações com a empresa Valorize para a realização da destinação ambientalmente correta de resíduos sólidos.

O Projeto contemplará ao todo 40 (quarenta) condomínios na cidade, tudo com objetivo de cumprir o que determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos e também a legislação municipal.

O recolhimento dos resíduos em Porto Velho direcionados para a coleta seletiva atualmente é realizada pela empresa Marquise, sendo supervisionada pela Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb).

Está é mais uma ação da SEMA dentro do Projeto “Não Queime o seu Filme, Reaproveite seus Resíduos” e consiste em cumprir o que disciplinam as Leis 2.018/2012 e 2.035/2012, que dispõem sobre a implantação de coleta seletiva nos condomínios residenciais da cidade. O projeto será coordenado pelo Departamento de Gestão de Políticas Ambientais e Mudanças Climáticas (DGPA).

Durante a reunião de alinhamento ficou pre estabelecido que o projeto deverá proporcionar também a inclusão solidária. A diretora do DGPA, Adirleide Dias, explicou ao representante dos condomínios que os resíduos recolhidos podem ser encaminhados para as Associações e cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis de Porto Velho, ou até serem comercializados diretamente pelos condomínios.

Foi explicado também que para que os catadores possam reciclar o material colhido os condôminos deverão realizar algumas tarefas básicas referentes a separação.

"Estipularemos um dia para o recolhimento dos resíduos da coleta seletiva. Os resíduos deverão ser pesados e posteriormente repassados ou vendidos.", explicou Adirleide.

Implementação da Coleta Seletiva será gradativa O secretário Robson Damasceno (SEMA) informou que os condomínios interessados em participar da coleta seletiva precisarão passar por etapas de preparação e gestão ambiental, tais como: adaptação com recipientes adequados e educação.

Nesta última, o cidadão é orientado sobre como separar os resíduos de maneira correta. A conscientização será feita por meio de material gráfico, tais como folders, adesivos, calendarios e palestras a serem realizadas em assembléias com os moradores que aprenderão que o lixo seco pode ser reaproveitado.

"Para o sucesso do projeto, iremos solicitar aos condomínios que depositem latas, papéis, plásticos e vidros em sacos plásticos na cor azul, já os resíduos úmidos, em sacos na cor preta.", explicou Damasceno.

Condomínios interessados

Para solicitar o serviço de Coleta Seletiva no seu condomínio, o responsável poderá comparecer a SEMA, que fica na Brasília sub esquina com Duque de Caxias, especificamente no segundo andar (Sala DGPA) para verificar a viabilidade para iniciar o processo de implementação da coleta seletiva.

Fonte: SEMA


Coleta Seletiva

10 / Out / 2018 - 17:32

Coleta Seletiva em 40 condomínios