MEIO AMBIENTE
Porto Velho realiza a 1ª Campanha de Descarte Correto de Resíduos Eletrônicos

01/Nov/2023 - 13:21

Ação acontece durante toda esta quarta-feira (1), no Skate Parque

Entre os materiais que podem ser descartados, estão celulares, pilhas e bateriasUma tenda montada no Skate Parque, zona leste da capital, dá início a um projeto recém-implantado em Porto Velho: a 1ª Campanha de Descarte Correto de Resíduos Eletrônicos. A iniciativa foi idealizada no estado do Amazonas e traz à capital rondoniense um modelo de descarte que une a sustentabilidade à educação. O objetivo é reunir material, seja ele bom para reutilização ou não, para que não sejam descartados na natureza e tenham a destinação correta: ou o lixo específico para essa finalidade, ou a reutilização. Com isto, a tenda que fica no Skate Parque durante toda a quarta-feira (1), também conscientiza sobre os impactos desta ação na natureza.

“Essa ideia surgiu em 2022, quando o Instituto Descarte Correto procurou a Prefeitura de Porto Velho para fazer um termo de cooperação. Capitais como Belém, Rio Branco e Manaus já aderiram à iniciativa, que funciona da seguinte forma: todo eletroeletrônico, todo equipamento que qualquer pessoa não tenha como fazer o descarte correto, a Prefeitura vai receber esse material para descartá-lo como também para realizar a inclusão digital. Isso porque a cada dez equipamentos que são recolhidos, o Instituto Descarte Correto devolve um em completo funcionamento. Esse é destinado, a princípio, a escolas da Prefeitura, além das associações cadastradas na Secretaria de Meio Ambiente”, explicou o secretário de meio ambiente Robson Damasceno.

Robson Damasceno explica que a ação é feita em parceria com o Instituto Descarte CorretoAinda de acordo com o secretário Damasceno, como impacto ambiental positivo da iniciativa, pode-se destacar que alguns dos produtos coletados pelo Instituto têm matérias-primas que estão até em falta no mercado, o que permite essa reutilização. Portanto, além de retirar da natureza o que poderia poluir ou levar anos para se decompor, esse material pode ser reutilizado. “Isso é fundamental. A gente aproveita equipamentos, remonta o que já era considerado inutilizável, e reduzimos o impacto do que seria jogado na natureza, é a melhor forma de sustentabilidade", completa.

Esteve presente junto à Sema neste primeiro dia de ação o presidente do Instituto Descarte Correto, Alessandro Dinelli, que explicou como o projeto foi desenvolvido na Região Norte. “Nós estamos há dez anos desenvolvendo este trabalho, fazendo com que atenda a aplicabilidade da economia circular e logística reversa do eletrônico como um todo, como pilhas, baterias, eletrodomésticos e a parte de computadores. Com isso, o secretário foi até Manaus conhecer nosso trabalho, junto à equipe técnica dele, e eles viram toda a seriedade no qual nosso trabalho é desenvolvido, isso não só no contexto ambiental mas também quanto à inclusão social, já que além de promover a reutilização de grande parte do que é descartado conosco, nós capacitamos jovens e adultos para trabalhar no nosso projeto, o que também faz parte da nossa missão”, resumiu o presidente e fundador.

Em Porto Velho, duas escolas já receberam computadores vindos do Instituto em Manaus: as escolas municipais Santo Antônio e Flor de Laranjeiras. A ação no Skate Parque é de lançamento, mas a partir de março de 2024 será aberto um galpão na capital, que, além de receber o descarte de Porto Velho, também dará suporte para o estado do Acre e o sul do Amazonas.

Texto: Larissa Vieira
Foto: Felipe Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Compartilhe nas redes:
Twitter Whatsapp

MEIO AMBIENTE - Porto Velho realiza a 1ª Campanha de Descarte Correto de Resíduos Eletrônicos

01/Nov/2023 - 13:31


Utilizamos cookies em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
2024 © Prefeitura de Porto Velho - RO - SMTI